18 de dezembro de 2008

r.


o rasgar da cortina que me tapa o horizonte. a revolta contra aquilo que me é imposto. o ruído ensurdecedor que grita ao meu ouvido. a raiva que me cega. o ranger de dentes. a rendição.



há dias que são como espaços preparados para que tudo doa.
(Roberto Juarroz)



hoje não encontrei imagens que se encaixassem no sentimento.

Um comentário:

Luís Soares disse...

já te disse q amo o teu blogue?!